Revista Aposta (Preload)

Edição:

Partilhar

Onésima Torres: Uma mulher que defende as mulheres

Cidadã angolana, Onésima Torres, é uma advogada há mais de cinco (5) anos, como especialista em Direito de Trabalho e desenvolve, neste momento, acções brilhantes dignas de realce mundial.

Onésima Torres: Uma mulher que defende as mulheres

Com objectivo de ajudar na afirmação da mulher na sociedade, numa clara demonstração de luta pela igualdade de direitos e oportunidades, Onésima Torres criou um programa de consulta jurídica para defender mulheres desprotegidas.


O programa é de longe uma grande alternativa para a sociedade, sobretudo para os desprotegidos, uma vez que os resultados em apenas três meses de acção são brutais. Nestes três meses de actividade, a advogada, Onésima Torres, atendeu cerca de 60 mulheres e está a acompanhar perto de 20 processos, junto dos Tribunais, vítimas de violência doméstica e conflitos laborais.


Numa sociedade, em que grande parte das mulheres são vítimas de abusos físicos, psicológicos, morais, sexuais ou patrimoniais, praticados na sua maioria pelos seus parceiros ou outro membro da família. Este programa que, segundo a advogada, é totalmente gratuito para as mulheres, é de facto bastante pertinente e relevante para dar solução aos constantes abusos que muitas mulheres angolanas são vítimas.


O programa, levado a cabo pela advogada, tem como objectivo fazer com que a insuficiência de meios financeiros, por parte das mulheres, não seja um factor impeditivo ou desmotivador para que elas procurem e encontrem justiça.


Onésima Torres entra numa lista restrita de pessoas que de forma brava têm desenvolvido acções para manter a paz e harmonia na sociedade. Pese embora estas acções sejam desenvolvidas de forma, totalmente, gratuitas, tal como outras figuras destacadas aqui, a Revista Aposta tem a advogada, Onésima Torres, como uma Apostadora, com grandes virtudes que espalha alegria e prosperidade a muitas mulheres e mais do que dinheiro a advogada ganha o nosso respeito e admiração.

 

A sociedade agradece a estes actos e aos seus praticantes, Angola precisa de pessoas que além de criticarem, apresentem soluções viáveis para resolução dos problemas rumo ao desenvolvimento.

 

Se você conhece pessoas ou histórias como essa, não tenha receio...seja você o grande impulsionador para as nossas próximas capas. Envie-nos para: geral@ra3.ao

Artigos relacionados