Revista Aposta (Preload)

Edição:

Partilhar

Algumas mulheres inspiradoras para seguir nas redes sociais

As mulheres são de longe o pilar mais importante para o desenvolvimento de uma sociedade, isto é, devido a grande capacidade organizacional que Elas possuem.

Algumas mulheres inspiradoras para seguir nas redes sociais

Quantas mulheres inspiradoras você tem a sua volta? "Diz-nos quais são as mulheres que você admira, nós dizemos-lhe quem você é!"


No entanto, mais do que mulheres que realizam grandes feitos, temos ao nosso redor mulheres que também actuam de maneira extraordinária no meio em que vivem fazendo valer o lema: “Talvez você não consiga mudar o mundo todo, mas pode perfeitamente mudar o mundo ao seu redor” e é isso que essas mulheres fazem.


Com muito carinho, trabalho e dedicação, procuram ser pessoas melhores a cada dia e é justamente por isso que vale a pena acompanhar bem de perto a trajectória, angústias e alegrias de cada uma delas confira:


Magda Burity da Silva


Jornalista, Produtora Cultural e CEO da empresa Madame Comunicação. Magda descreve como uma pessoa que procura ajudar pessoas a comunicarem-se melhor e de forma descomplicada.


Depois de trabalhar mais de 20 anos dedicada ao jornalismo e à produção de conteúdos decidiu criar o seu próprio projecto voltado em televisão, denominado, “O Meu Peso Perfeito”.


Agora mais inclinada na produção de conteúdos digitais e workshops, Magda Burity continua focada em trazer empatia na sua comunicação e sobretudo em conquistar o coração dos seus seguidores a partir de textos e também vídeos.


Elizandra dos Santos


É alguém que procura aliar tecnologia com humanização pois não acredita que uma possa caminhar sem a outra. Ela aproveita as redes sociais para desenvolver as suas habilidades em comunicação, só para ter uma noção, Elizandra dos Santos é co-autora dos livros Mulheres Extraordinárias e Líder Extraordinário, directora do Instituto Eduardo Casarotto em Angola.


Elizandra dos Santos é uma desafiadora da vida que carrega consigo um desejo imensurável de partilhar experiencias e ajudar quem ainda não encontrou o equilíbrio.


Elizandra é a firmeza da mulher angolana de um jeito simples e caloroso, traduz uma poesia de companheirismo da terra da palanca. Jovens assim representam a razão de um amanhã promissor, trazem esperança de que o futuro será de grandes ganhos, Angola agradece e o mundo que nos espere porque daqui ninguém nos tira.


Sara Lopes


Sara Pereira Vieira Lopes, tem uma paixão por dedicar-se a actividades que visam o bem-estar, crescimento pessoal e desenvolvimento da consciência das mulheres para a sua essência feminina, tendo organizado uma série de workshops entre Agosto de 2017 e Julho de 2018 em Luanda, com o foco em: “Harmonizar o Feminino” para mulheres jovens e adultas.


Sara Lopes acredita que para se estar bem, é necessário uma constante manutenção da nossa mente, corpo e espírito.


Dedica-se também em trazer a luz da realidade angolana, o que é de facto um parto humanizado, usando o poder da voz para chegar aos quatros ventos, com tom suave, nas palavras certas, sente-se a vontade de despertar mentes e com isso criar uma ponte estratégica para informação sobre gravidez, parto, pós parto e educação sexual.


Renata Torres


Renata torres, nascida a 1 de Julho de 1987, em Luanda/Angola, é uma desafiadora de estereótipos, umas das vozes mais sonantes da comédia angolana, Renata é demonstração do poder feminino combinado com o seu humor e actuação, essa guerreira transborda confiança sempre que pisa em palcos nacionais e internacionais.


Fala português e espanhol, interessa-se por reflexões, gosta particularmente de dinamizar grupos de debate, estimulando os outros a exporem os seus pontos de vista


Renata Monteiro Torres é uma força positiva para um país que caminha aos poucos pelo direito e igualdade da mulher, é a representação da força que ultrapassa qualquer objecto por acreditar no poder feminino e na igualdade de direito para um progresso mais acentuado.


Verá Nsaby


Engrácia Verónica Nsabi, ou simplemente Verá Nsaby, conhecida como a rainha do tempero, é uma mulher que tem vindo a desenvolver trabalhos de grande impacto social, inicialmente com a criação do grupo "Vamos aprender a cozinhar com a Vera Nsaby".


Esta brava guerreira almeja ajudar grande parte da sociedade angolana e não só a conhecer tanto a gastronomia nacional como internacional, ensinando a preparar os chamados pratos típicos de Angola.


O projecto que começou inicialmente como um simples gesto para partilhar receitas e modos de preparo de pratos típicos da gastronomia angolana, com o passar do tempo começou a ganhar grande notoriedade e passou a impactar vidas de muita gente que precederam a cozinhar por intermédio do grupo.


Outrossim, tendo alcançado o primeiro objectivo, o grupo actualmente desenvolve várias acções de cariz solidário, com principal realce às formações periódicas sorteadas no grupo, em que muitos membros são beneficiados.


A união é o grande ingrediente que caracteriza este grupo que tem como mentora a incrível mulher, Verá Nsaby, bem haja a bela iniciativa desta mulher, que práticas como esta se tornem rotina entre nós.

Artigos relacionados